segunda-feira, janeiro 10, 2011

Ser ou não ser, não é questão, mas sim.. aparecer ou não?

A longos anos atras, a comunidade só saberia se um homem/mulher era maçom, ja no seu enterro, com todo o serimonial, ou através de notar o hábito noturno de sair todo de preto. Hoje em dia se tem um seria questão no mundo maçônico e para-maçônico, a respeito de se mostrar ou não pertencente a uma organização, outrora mal vista, ultimamente mal interpretada, mas que ainda assim é associada de uma forma erronea pela sociedade á poder e riqueza.

931351pHoje temos adesivos, botons, camisetas, gravatas, blusinhas, bonés e até mesmo jóias que nos identificam, a questão é se vale a pena, mudar os conceitos antigos de resguardo ou manter o pensamento dogmático de privacidade. Quando lhe é apresentado as formas comuns de reconhecimento, o neófito as testa…mas porque alguns ainda excedem o uso das forçmas convencionais e optam por adereços, que escancaram o fato de estarem na ordem.

Irmãos e amigos, isso não se restringe somente a maçonaria, pensemos no lugar desta ordem, os Luteranos, os Rosa Cruzes, os Escoteiros, Clube de Mães, Rotary Club e Lions Club, WWF, entre outras organizações, religiosas, politicas, ambientais ou até mesmo filosóficas. O que de fato nos aliena a vontade de mostrar?  O Simples fato de pertencer a tribo, conheço muitas pessoas que assinam os 3 pontinhos para se dizer maçom, mesmo nunca tendo pisado dentro de uma loja…, não posso julgá-los, pois ja fiz isso… mas a intenção por tras deve ser estudada, algumas pessoas como eu, fazia na intenção de saber, curiosidade, mas tem gente que tira proveito, e desculpe me tornar repetitiva, mas não somente na Arte Real, mas sim como em todas as organizações.

Conheço pessoas que usam o adesivo do WWF e que vão caçar no final do mes… o mundo é algo fantástico por todos sermos diferentes e com isso, devemos aprender a identificar, boas ou más intenções. Ajudemos sem julgar, mas acima de tudo com responsabilidade…

Amigos, irmãos, parentes entre outros, estava com saudades; Perdão pelo longo tempo sem posts, os trabalhos se retomam aos poucos e enviem críticas e segestões. Abraços Fraternos. 

Um comentário:

  1. Amados IIRR.'.
    Não sei qual a necessidade para tanta divulgação e marketing da nossa Maçonaria. Creio que deveríamos pensar sobre "o trabalho na sombra", justo para fazer e sem aparecer. Nossa Irmandade é milenar em seus estudos e de séculos em provas materiais. A confusão esta no pensamento livre, ou seja, voce pode ter o seu pensamento livre, é claro, mas as suas ações terão que passar por um crivo de sua Loja e isto se torna importante para se manter o respeito de nossa Instituição.
    Um beijo no coração de todos.
    FTA.
    Yrapoan Machado
    Cavaleiros do Templo nº 26 / RJ.

    ResponderExcluir