domingo, fevereiro 19, 2012

A Maçonaria de hoje por um maçom nascido maçom.

As afirmações que mais ouço são: 
A Maçonaria mudou muito.
Deixaram entrar muita gente ruim.
Fundaram muitas lojas,
Os irmãos não são unidos como deveriam ser.

Vamos então analisar a verdade da primeira afirmação.
A Maçonaria mudou muito.
Na realidade ela mudou muito sim, hoje não estamos mais em templos 
improvisados e escondidos, somos mais livres, participamos muito mais 
do dia a dia de nossa sociedade, temos representantes dentro da cada 
instituição, nossas sementes germinaram e se multiplicaram, somos 
universalmente mais livres.
Deixaram entrar muita gente ruim.
Cada um de nós é reflexo do meio, somos todos responsáveis por cada 
batida no desbastar da pedra bruta.
Não é justo ficarmos criticando somente, é nosso dever guiar a mão 
daqueles que estão ao nosso lado procurando a luz.
A participação de cada irmão na luta pelo combate a ignorância é 
fundamental para que nossa ordem seja respeitada e levada a sério.
Além de procuramos auxiliar quem precisa, precisamos também aprender 
a fugir de nossas vaidades..
Pensar simplesmente que somos melhor que o outro é o nosso maior erro.

Fundaram muitas lojas
Somos pedreiros livres, e como tal devemos continuar.
Porque não milhões de lojas? O importante não é a quantidade e sim a 
qualidade dos irmãos.
Podemos ter somente 10 lojas cheias de irmãos mas vazias em seus 
dogmas. 
O mais importante é que cumpramos o nosso dever.

Os irmão não são unidos como deveriam ser.
Esta afirmação é a mais ignorante de todas, pois os verdadeiros 
irmãos são plenamente unidos e preocupados em unir.
Quantos de nós estamos por todo canto pregando a nossa filosofia?
Somos aos milhares que nada cobram e muito doam.
Quem não ouviu falar dos irmãos do Bodes do Asfalto e das lojas 
Cavaleiros de Aço?
Estes irmãos estão criando velozmente uma ordem mais ativa e 
praticante da fraternidade do GADU.
Estes irmãos defendem a união e praticam a verdadeira irmandade, 
contaminando de alegria os corações por onde passam.
Não só de filantropia vivemos, a nossa pedra bruta tem sido polida a 
cada segundo e a responsabilidade tem sido de todos.
A afirmação de que não somos unidos como deveriamos ser, sai somente 
da boca daquele que esta apenas assistindo, quando deveria na 
realidade, estar participando junto com todos os obreiros vivos de 
nossa moderna maçonaria.
Existem milhares de lojas e irmãos lutando por todo canto, mas existe 
também milhares de irmãos sentados criticando.
Aos sentados o meu desejo que se levantem e venham participar junto 
com a gente deste momento maravilhoso que vivemos.
Crescemos muito sim.
abraços
Chafi Nader
VM da Loja Cavaleiros de Aço 655 
Ribeirão Preto SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário