sábado, janeiro 05, 2013


 

A história dos telefones celulares

Por Flávio Renato
Desde que foi criado em 1973 por Martin Cooper, o celular tem evoluído aos trancos e barrancos. Nos primeiros anos, os equipamentos pesavam muito e eram enormes, além de custarem gritantes US$ 4 mil. Hoje em dia, praticamente qualquer um pode ter um aparelho de baixo custo, pesando menos de 0,5 kg e menor do que a mão.
linhadotempo (Foto: linhadotempo)
Linha do Tempo
Anos 80: os primeiros anos
O ex-empregado da Motorola Martin Cooper apresentou ao mundo o primeiro celular, o Motorola DynaTAC, em 3 de abril de 1974 (cerca de um ano após a sua criação). De pé, perto do hotel New York Hilton, ele fixou uma estação base no outro lado da rua. O feito funcionou, mas apenas quase uma década depois o telefone particular finalmente chegou a público.
Dynatac
Dynatac (Foto: Divulgação)
Em 1984, a Motorola liberou o Motorola DynaTAC ao público. Ele continha um teclado numérico de base, um display de uma linha e uma bateria deplorável com apenas uma hora de duração em tempo de conversação e 8 horas em modo de espera. Mesmo assim, era revolucionário para a época, razão pela qual apenas os mais ricos dos ricos podiam se dar ao luxo de comprar um ou pagar para o serviço de voz que custava US$ 50 por mês, não incluindo US$ 0,40/minuto durante o pico e US$ 0,24/minuto em outros horários.
O DynaTAC 8000X tinha 33 cm de altura, 4,5 cm de largura e8,9 cm de espessura. Pesava 794 g, e era capaz de memorizar até 30 números. A tela de LED e a bateria relativamente grande mantinham o seu design meio "encaixotado". Funcionava na rede analógica, ou seja, NMT, tendo sido descontinuado apenas em 1994.
1989: a inspiração para telefones com flip
Seis anos após o DynaTAC aparecer, a Motorola deu mais um passo, apresentando o que se tornou a inspiração para o primeiro telefone de flip. Chamado de MicroTAC, este dispositivo analógico introduziu um revolucionário projeto: nele, o dispositivo de captura de voz era dobrado sobre o teclado. Além disso, ele media apenas 9 cm de comprimento e pesava menos de 0,5 kg, tornando-o o mais leve aparelho celular já produzido.

Anos 90
Foi durante os anos 90 que o tipo de tecnologia moderna de celular que você vê todos os dias começou a se formar. As primeiras mensagens de texto, processadores de sinais digitais e de alta tecnologia (redes iDEN, CDMA, GSM)  brotaram durante este período tumultuoso.
anos90
Modelos famosos nos anos 90 (Foto: Reprodução)
1993: primeiro telefone PDA
Em 1993, a IBM e a BellSouth se uniram para lançar o Comunicador Pessoal Simon, o primeiro telemóvel a incluir funcionalidades de PDA. Não só poderia enviar e receber chamadas de voz, mas também servia como um livro de endereços, calculadora, pager e fax. Além disso, ele ofereceu pela primeira vez o touchscreen, que permitia que clientes usassem os dedos ou uma caneta para fazer chamadas e criar notas.
1996: primeiro telefone com flip
Meia década após o lançamento do MicroTAC, a Motorola lançou uma atualização conhecido como o StarTAC. Inspirado por seu antecessor, o StarTAC se tornou o primeiro telefone flip de verdade. Operou em redes GSM nos Estados Unidos, e incluía o suporte para mensagens de texto SMS, acrescentou funções digitais como uma agenda de contatos e foi o primeiro celular a suportar bateria de lítio. Além disso, o dispositivo pesava apenas100 g.
Nokia6160
Nokia 6160 (Foto: Divulgação)
1998: primeiro telefone em barra
Nokia apareceu em cena em 1998 com o telefone em barra, o Nokia 6160. Pesando apenas 160 gramas, o dispositivo ostentava um display monocromático, antena externa e uma bateria recarregável com um tempo de conversação de 3,3 horas. Por causa de seu preço e facilidade de uso, o Nokia 6160 acabou se tornando dispositivo mais vendido da Nokia da década de 90.
1999: precursor do smartphone BlackBerry
O primeiro dispositivo celular BlackBerry apareceu no final dos anos 90 como um Pager bidirecional. Ele apresentava um teclado QWERTY completo e poderia ser usado para transmitir mensagens SMS, e-mails e páginas. Além disso, ele ofereceu um display de 8 linhas, um calendário e um organizador. Devido a uma falta de interesse em dispositivos móveis de e-mail no momento, o aparelho foi usado tão somente por aqueles indivíduos que trabalhavam na indústria corporativa.
Anos 2000: a era smartphone
O novo milênio trouxe consigo o surgimento de câmeras integradas, redes 3G/GPRS/EDGE e smartphones, bem como a divulgação final da rede celular analógica em favor do trabalho em rede digital.
sony-ericsson
Sony Ericsson (Foto: Divulgação)
Com intuito de otimizar o tempo e trazer mais facilidades ao dia a dia, o smartphone se tornou indispensável, pois tornou possível navegar na Internet, ler e editar arquivos de textos, planilhas e acessar seus e-mails rapidamente.
2000: primeiro telefone bluetooth
O T36 Ericsson introduziu a tecnologia Bluetooth para o mundo celular, permitindo assim aos consumidores a conexão sem fio em seus telefones para seus computadores. O telefone também ofereceu conectividade no mundo inteiro através 900/1800/1900-band GSM, a tecnologia de reconhecimento de voz e Aircalendar, uma ferramenta que permitia ao consumidor receber atualizações em tempo real ao seu calendário ou agenda de contatos.
2002: primeiro smartphone BlackBerry
Em 2002 a Research in Motion (RIM) finalmente deslanchou. O PDA BlackBerry foi o primeiro a apresentar conectividade celular. Operando ao longo de uma rede GSM, o BlackBerry 5810 permitiu aos usuários enviar e-mails, organizar seus dados e preparar memorandos. Infelizmente, faltou nele um alto-falante e um microfone, ou seja, seus usuários eram obrigados a usar um fone de ouvido com um microfone acoplado.
Sanyo-SCP
Sanyo SCP (Foto: Divulgação)
2002: primeiro celular com câmera
A Sanyo SCP-5300 eliminou a necessidade de comprar uma câmera, pois foi o primeiro aparelho celular a incluir uma câmera integrada com um botão dedicado ao snapshot. Infelizmente, foi limitado a uma resolução de 640×480, zoom digital de 4x e 3 mde alcance. Independente disso, os usuários do telefone podiam tirar fotos em movimento e depois enviá-las para o seu PC utilizando uma suíte de software.
2004: primeiro telefone ultra fino
Antes do lançamento do Motorola RAZR V3 em 2004, os telefones tendiam a serem grandes e volumosos. O Razr mudou isso com seus ínfimos 14 mm de espessura. O telefone também incluía uma antena interna, um teclado gravado quimicamente e azul de fundo. Era, em essência, o primeiro telefone criado para não só fornecer grande funcionalidade, mas também exalar estilo e elegância.
ios4
iPhone 4 (Foto: Divulgação)
2007: Apple iPhone
Quando a Apple entrou no setor de telefonia celular em 2007, tudo mudou. Apple substituiu o teclado convencional por um teclado touchscreen multi-touch que permitia que os clientes se sentissem como se estivessem fisicamente manipulando as ferramentas do celular com os dedos: clicar em links, alongar/encolher fotos e folhear álbuns. Além disso, ele trouxe a primeira plataforma cheia de recursos para telefones celulares. Era como se eles pegassem um sistema operacional de um computador e colocassem em um minúsculo telefone.
 
2012: atualmente
Só se passaram dois anos desde a virada da década e a tecnologia de telefonia celular só aumenta. A tecnologia 4G está em ascensão, o iPhone está em sua quinta geração e os smartphones mais tecnológicos podem gravar vídeos FullHD, reproduzir filmes completos e servir como um hotspot móvel para outros dispositivos. Se em tão pouco tempo o celular evoluiu tanto, imaginem quantas ferramentas estarão disponíveis para os próximos anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário